COMO ANALISAR O PERFIL DO FRANQUEADO?  

Por em
1198
COMO ANALISAR O PERFIL DO FRANQUEADO?   

Primeira lição para ser um franqueador de sucesso: não autorize o uso de sua marca para qualquer um. Não transfira seu conhecimento para quem não tem condições de transformá-lo em dinheiro. Franquear não é sobre vender mais, é sobre vender melhor, para a pessoa certa. Você precisa aprender a analisar o perfil do franqueado antes de assinar o contrato. E, assim, evitar uma parceria que será ruim para todos.

A Usina de Franquias possui uma consultoria especializada na seleção de candidatos para sua marca. Aliás, conseguimos até encontrar empreendedores dispostos a comprar sua franquia. Se precisar de ajuda especializada nisso, fale conosco. Por enquanto, vamos dar algumas dicas aqui mesmo, no blog.

Como deve ser o perfil do franqueado?

Um candidato a representar sua marca precisa ser arrojado, determinado, focado. Deve ter o empreendedorismo no sangue, ser um líder convincente, ter habilidade em gestão. Porém, nada disso adianta se ele não tiver total compreensão de que não estava abrindo seu próprio negócio, onde cria as regras e segue o rumo que desejar.

Ao analisar o perfil do franqueado, observe se o interessado está disposto a seguir as orientações, condutas, estratégias e procedimentos DA FRANQUIA! Veja se ele é capaz de fazer parte de um time em que não será o técnico.

Quais experiências precisam ser analisadas no perfil do franqueado?

 Não é obrigatório nem fator eliminador, mas se o candidato tiver experiências anteriores no segmento comercial da franquia, melhor. Vamos imaginar que a sua marca é um restaurante de comida natural, com foco num mercado que só cresce: o do bem-estar. Seu público são veganos, vegetarianos e quem busca uma alimentação saudável.

Se ao analisar o perfil do franqueado, você não encontrar nenhuma experiência no ramo de alimentação, é um ponto negativo. Se, pior do que isso, o sujeito é completamente apaixonado por churrascaria, dois pontos negativos. Mas ainda é possível fazer negócio. Agora, se ele comentar que não entende como alguém pode viver sem carne, e que não vê graça num prato só com grãos, legumes e verduras, são 100 pontos negativos.

É preciso haver empatia. Paixão pelo negócio. Viver o sonho. Adotar os valores, a missão e a visão da marca como lei universal. Só assim a unidade de franquia terá chance de prosperar.

Perfil do franqueado: estabilidade emocional!

Uma última dica, e certamente a mais difícil em se tratando de analisar o perfil do franqueado: seu candidato precisa ter estabilidade emocional. Bom trato. Saber tratar as adversidades com tranquilidade e educação. Ter paciência para lidar com os mais diversos tipos de público. Ter a capacidade de se relacionar bem com os colaboradores. Sorrir. Pensar antes de falar. Aliás, escutar mais e falar menos. Estas características são importantes não apenas para um franqueado, mas para qualquer empreendedor.

Você quer franquear a sua empresa?

Então fale conosco e marque uma consulta por Skype. Não custa nada. Nossos especialistas fazem uma apresentação de uma hora sobre todos os passos e valores necessários para transformar qualquer negócio numa franquia de sucesso. É só clicar, escrever e entraremos em contato para te ajudar a realizar seu sonho!

54321
(0 votes. Average 0 of 5)
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *